As Outras Bandas de Gente Boa

Projetos paralelos e parcerias entre artistas oxigenam a música pop

As Outras Bandas de Gente Boa

Estamos num tempo em que os projetos paralelos e alternativos ganharam força e incentivo. Claro que há um viés mercadológico nisso, afinal, é bom faturar com bandas novas de artistas já conhecidos, com público definido, mais fácil pra divulgar e tal. É prova de horizonte estreito pensar somente dessa forma. É oxigenador para as vias criativas poder trocar e experimentar com novos parceiros artísticos. Às vezes o sujeito é fluente no idioma Rock, mas tem curiosidade musical suficiente para experimentar, como faz? Ou alguém pode ter uma carreira interessante na música eletrônica, porém se interessa por Folk. Por esses e outros motivos, somos totalmente favoráveis aos projetos paralelos e coletivos, "misturem tudo e façam coisas novas" é o que dizemos aqui e acolá. Mas fica uma questão interessante: e quando esses artistas consagrados se juntam a outros, igualmente consagrados, para criar um projeto? É mais raro, mas acontece. Vamos lembrar alguns?

The Last Shadow Puppets - banda formada por Alex Turner, vocalista de Arctic Monkeys e Miles Kane, líder de The Rascals em 2008. Os dois lançaram um primeiro álbum interessante, The Age Of Understatement, todo calcado no Pop sombrio de gente como Scott Walker, em quem um jovem David Bowie se inspirou para criar sua persona artística. Depois de muito tempo, finalmente noticiaram o lançamento do segundo disco para breve.

The Good, The Bad & The Queen - projeto pluralista bolado por Damon Albarn, vocalista de(Blur, que conta com o veterano Tony Allen na bateria, Paul Simonon (The Clash) no baixo e Simon Tong, do grupo The Verve, na guitarra. Lançaram um bom disco homônimo em 2007, sombrio, estranho e desiludido sobre o estado das coisas. O grupo retorna em 2016 com novo álbum.

Atoms For Peace - banda de gente graúda, formada em 2009. Temos Thom Yorke (Radiohead) nos vocais e vários instrumentos, Flea, superbaixista de Red Hot Chili Peppers, o produtor inglês Nigel Godrich, também em vários instrumentos, o guitarrista americano Joey Waronker e o percussionista/baterista brasileiro, Mauro Refosco. A idéia é levar adiante experimentos com música Eletrônica minimalista radioheadiana, adicionando crocâncias e cremosidades aqui e ali.

Them Crooked Vultures - se estivéssemos no Rio dos anos 1990, poderíamos chamar essa reunião de "shock de monstros". Temos ninguém menos que John Paul Jones, baixista e tecladista ocasional de um grupo desconhecido aí, chamado Led Zeppelin, Josh Homme, mente pensante de Queens Of The Stone Age, nas guitarras e Dave Grohl, de Nirvana e Foo Fighters, na bateria. Juntaram-se em 2005 e lançaram um bom álbum homônimo em 2009.

Gorillaz - outro projeto de Damon Albarn, dessa vez com espectro além do Rock, ou melhor, da própria música. Em parceria com o desenhista Jamie Howlett, criados da heroína Tank Girl, surgiram integrantes fictícios em forma de desenho animado. A sonoridade? Tudo, desde Rock e música latina, passando por Hip Hop e o caos. Na produção do primeiro álbum, Dan The Automator. O resto é história.

Eagles Of Death Metal - no início, um trio formado em 1997, na California, por Jesse Hughes, Josh Homme (Queens Of The Stone Age, Kyuss) e Brian O'Connor, no baixo. Homme deixou a banda em segundo plano por conta dos compromissos de QOTSA, mas é colaborador frequente. Ano passado, por conta dos atentados em Paris, Eagles Of Death Metal ficou marcado pela tragédia na casa de espetáculos Bataclan, quando terroristas dispararam em pessoas que assistiam a um show do grupo.

David Byrne + St.Vincent - união improvável, mas bem interessante, entre o cérebro falante Byrne, ex-Talking Heads e a cantora Anne Clark, mais conhecida como St.Vincent. Se conheceram num show beneficente para pesquisas pela cura da AIDS. Durante três anos, eles compuseram canções e lançaram, em 2012, o álbum Love This Giant, com boa repercussão.

Blakroc - interessantíssima união de The Black Keys com rappers, sob a tutela do produtor Damon Dash. Entre os participantes estão Mos Def, Q-Tip, Ludacris e outros. Lançaram um álbum homônimo em 2009, que se insere na discografia do duo, mas é esquecido na maioria das vezes.

The Postal Service - colaboração sensacional entre Ben Gibbard (vocalista de Death Cab For Cutie) e a mente pensante dos eletrônicos DNTEL, Jimmy Tamborello. Juntos lançaram o belo álbum Give Up em 2003, com participações de Jenny Lewis e do ex-produtor de DCFC, Chris Walla.

Monsters Of Folk - nome apropriado para a reunião de Jim James, vocalista de My Morning Jacket, Conor Oberst e Mike Mogis (ambos de Bright Eyes) e M Ward, o "Him", da dupla com a cantora Zooey Deschanel. Se encontraram em 2004, começaram a compor descompromissadamente, em meio a intervalos nas agendas de suas bandas de origem. Em 2009 o grupo lançou um álbum homônimo, com sucesso nos Estados Unidos e Inglaterra.

Banda do Mar - encontro musical estabelecido entre Marcelo Camelo, sua esposa, Mallu Magalhães e o baterista português Fred Ferreira. Lançaram um belo álbum em 2014, com vários singles de sucesso em Brasil e Portugal, entre eles, Mais Ninguém e Hey Nana.

The Raconteurs - projeto interessante, que reúne Jack White e Brendan Benson. Além deles, o baixista Jack Lawrence e o baterista Patrick Keeler, ambos da banda The Greenhornes. Lançou dois álbuns, Broken Boy Soldiers (2006) e Consolers Of The Lonely (2008). Na ordem do dia do quarteto, Rock, Powerpop e belas canções.

The Dead Weather - outro grupo composto pela mente inquieta de Jack White, também com participação de Jack Lawrence, seu parceiro em The Raconteurs, além do tecladista e guitarrista Dean Fertita (Queens Of The Stone Age) e da cantora Alison Mosshart, do The Kills. Até agora o grupo lançou três bons trabalhos, sendo o último, Dodge And Burn, de setembro de 2015.

Artistas: Monsters Of Folk, Blakroc, Banda do Mar, The Good, the Bad and the Queen, Eagles of Death Metal, Them Crooked Vultures, The Postal Service, Atoms for Peace, David Byrne, The Raconteurs, Gorillaz, St. Vincent , The Last Shadow Puppets

Marcadores: Seleção