Kevin Krauter - Toss Up

Kevin Krauter - Toss Up
  • Ano: 2018
  • Selo: Bayonet Records
  • Produção: Ben Lumsdaine e Kevin Krauter
  • # Faixas: 9
  • Estilos: Dream Pop, Folk Rock, Psicodelia
  • Duração: 36:24
BBBBa

Integrante do grupo Hoops, Kevin Krauter tem o dom de criar mundos fantásticos a partir de suas composições Pop em seu projeto solo. Orbitando entre o Dream Pop e o Indie Pop, o mundo que o jovem compositor cria em cada registro contém um pouco de harmonia e alegria, bem como timbres mais escuros e pessimistas, envolvendo cada música com um certo tom irônico. Para um ouvinte desconhecedor desta obra, o disco Changes, de 2016 pode ser um bom ponto de partida, à medida que você logo percebe as dinâmicas do universo krauteriano na escolha dos timbres que arranham um Lo-fi psicodélico. Agora, em sua segunda empreitada solo, Kevin parece desabrochar em uma construção similar a de seus registros anteriores, porém com canções ainda mais empolgantes.

Toss Up ainda revela o melhor das possibilidades que Kevin Krauter vê em cada sintetizador e timbres oitentista. Aquela sensação meio fantasmagórica e nostálgica continua, porém sem dar muita prioridade para o aspecto Lo-fi da coisa. Agora, o músico vislumbra sonoridades limpas e, se elas parecem antigas ou vintage em alguma medida, é mais um detalhe do que um ator principal. Entretanto, o grande destaque do disco fica por conta da estrutura das músicas, que deixam de lado experimentalismo amador de registros passados e passa a assumir uma postura madura e que conduz o ouvinte de forma certeira para o lugar que Kevin pinta. Nada de estruturas padrões do Pop; neste disco só enxergamos alguns passos adiante, ao passo que o músico é o condutor definitivo e tem total liberdade para nos guiar por onde desejar.

Com pads abertos e revigorantes, Cowboy Chloe abre o disco com uma fusão de Ambient Music e Chillwave, nos deixando prontos para voar. Rollerskater, mais fundada no Indie Rock (que inclusive lembra bastante Deerhunter), nos deixa marcados pela batida constante, mas também é onírica em seus timbres cristalinos e reverberados. Keep Falling In Love é o grande destaque de Toss Up, uma canção romântica que mergulha na medida certa da estética brega dos 1970/80, o suficiente para não nos assustar e ser cativante com seu refrão pegajoso. A balada Barely On MY Mind é aquela música que seria facilmente utilizada em um vídeo de formatura antigo, carregado de nostalgia porém com um toque Psicodélico e simpático. Por fim, a faixa título do registro encerra a viagem mística com um grandioso delírio, quase como uma música Progressiva e Pop, tão complexa quanto chiclete.

Toss Up mostra as qualidades de Kevin Krauter não só como um exímio compositor, mas também como produtor que entende as necessidades e características para que sua visão se concretize. Com um toque de Psicodelia saudável, este é um registro que marca maturidade do compositor e o coloca como nome de relevância e anseio por futuros registros.

Bom para quem ouve: Ducktails , Beach House , Real Estate

Artista: Kevin Krauter

Marcadores: Psicodelia, Dream Pop, Folk Rock